Slider




Qual é coisa, qual é ela? Que a grávida veste e sente-se confortável?
As leggings é claro!! 




Não comprei nada que fosse para grávida, até agora não precisei, embora queira comprar um par de calças de ganga. Tenho dado muito uso às minhas leggings. Uns pares não usava há muito, mas tinha-os guardados já a prever o caso. E têm sido as minhas melhores companheiras no dia-a-dia. Como são calças elásticas e ficam ficam por baixo da barriga é ótimo. 

Neste look que vos trago hoje, estou com um par de leggings com frente em ecopele e parte de trás em tecido, são da Calzedonia, do ano passado. A camisola é uma nova aquisição, apostei num tamanho oversidez, em S e ficou perfeita. Esta é da Zara, da nova coleção. Os botins não são novos, uns dos meus pares de sapatos preferidos, têm salto grosso e não são muito altos, perfeitos para esta fase. 





Para quem tenha ficado surpreendido com o tamanho da minha barriga, neste post:D !! Só quero dizer que não estou assim tãooo grande, só que o zoom acaba por dar essa ideia e se está grande é porque já são 5 meses e cada gestação e mulher é diferente, umas serão mais Carolinas Patrocínios, outras nem por isso... 
A verdade é que a minha roupa serve-me, mesmo as minhas camisolas antigas, de tamanho S ;) 

Gostaram do look?

Sigam-me pelo Instagram @gasparida 

Mommy look #2

February 17, 2017




Qual é coisa, qual é ela? Que a grávida veste e sente-se confortável?
As leggings é claro!! 




Não comprei nada que fosse para grávida, até agora não precisei, embora queira comprar um par de calças de ganga. Tenho dado muito uso às minhas leggings. Uns pares não usava há muito, mas tinha-os guardados já a prever o caso. E têm sido as minhas melhores companheiras no dia-a-dia. Como são calças elásticas e ficam ficam por baixo da barriga é ótimo. 

Neste look que vos trago hoje, estou com um par de leggings com frente em ecopele e parte de trás em tecido, são da Calzedonia, do ano passado. A camisola é uma nova aquisição, apostei num tamanho oversidez, em S e ficou perfeita. Esta é da Zara, da nova coleção. Os botins não são novos, uns dos meus pares de sapatos preferidos, têm salto grosso e não são muito altos, perfeitos para esta fase. 





Para quem tenha ficado surpreendido com o tamanho da minha barriga, neste post:D !! Só quero dizer que não estou assim tãooo grande, só que o zoom acaba por dar essa ideia e se está grande é porque já são 5 meses e cada gestação e mulher é diferente, umas serão mais Carolinas Patrocínios, outras nem por isso... 
A verdade é que a minha roupa serve-me, mesmo as minhas camisolas antigas, de tamanho S ;) 

Gostaram do look?

Sigam-me pelo Instagram @gasparida 


Um teste positivo e tudo muda (ok, não foi só o teste, hahahah)... 
NUNCA, nada será igual!


Há momentos que não dão para esquecer, aquele dia de outubro (a data precisa fica para nós ;) ), entre malas, caixas e móveis por montar... Descobrimos o "Pregnant... 2/3 weeks"!!

Tínhamos chegado a pouco ao Reino Unido, mas como uma mudança nunca vem só, ora aqui está outra. Daquelas mesmo sérias!!  

Eu já suspeitava, o meu marido dizia que não... ahaha!! Mas uma mulher conhece demasiado o seu corpo e os diferentes sinais. Além do atraso menstrual e do sono, houve algo de curioso,  que só depois é que percebi. Apareceram-me umas placas vermelhas no canto da boca, como se estivesse muito seca. Lembro-me o meu marido olhar para mim, com olhar de espanto e dizer "Idaaaaaaa, o que é que tens aquii??" (risos).  E eu "estou com cieiro" (ahahah). Afinal, era da gravidez, pois voltou a acontecer-me mais tarde e questionei sobre isso, na maternidade. 


Bem voltando ao momento...

Fui teimosa a fazer o teste, é que no meio disso fiquei adoentada, com herpes e completamente KO. Mas como eu já estava a prever o caso, não quis tomar nada, apenas 2 ben-u-rons, porque fiquei muito aflita. Por isso, quis esperar que estivesse mais ou menos em condições para fazer o teste, não o queria fazer no meio da ranhoca e da febre. 

Lá esperei e quando me senti melhor, fui buscar um copo de plástico, onde coloquei um pouco de urina para fazer o teste. Fui ter com o meu marido, sentamo-nos no chão e lá esperámos uns longos, loooongos segundos... O tempo nesse momento parece mesmo longo. É a ansiedade e a vontade por saber.

Ok, já está!! Umas letras, uma palavra, deixa ver de perto... Meu Deus é mesmo: "PREGNANT"... depois "2/3 weeks". Estou GRÁAAAVIDA!! Vamos ser PAIS!! Foi sem dúvida uma mistura de sentimentos, por mais que possamos estar à espera, é sempre estranho ver o resultado num teste. E pensar que desta vez é mesmo connosco. Mas este bebé é muito desejado, planeado e já amado (quanto ao amor é um processo que cresce ao longo da gravidez, acho que não é uma coisa instantânea, embora seja fruto do amor...).

A partir desse momento, TUDO mudou... a começar pela nossa mente. Neste momento, já não me consigo imaginar sem ele, quando sonho comigo vejo-me grávida. Faz parte de mim, da nossa vida. Apesar de não o sentir muito, só umas cócegas, que me deixam suspeita. 

Em breve, conto-vos como foi lidar com a maternidade aqui no Reino Unido, uma experiência interessante que acho por bem partilhar. E também conto-vos sobre a decisão de ter um filho. 

E tudo começou assim..

February 16, 2017



Um teste positivo e tudo muda (ok, não foi só o teste, hahahah)... 
NUNCA, nada será igual!


Há momentos que não dão para esquecer, aquele dia de outubro (a data precisa fica para nós ;) ), entre malas, caixas e móveis por montar... Descobrimos o "Pregnant... 2/3 weeks"!!

Tínhamos chegado a pouco ao Reino Unido, mas como uma mudança nunca vem só, ora aqui está outra. Daquelas mesmo sérias!!  

Eu já suspeitava, o meu marido dizia que não... ahaha!! Mas uma mulher conhece demasiado o seu corpo e os diferentes sinais. Além do atraso menstrual e do sono, houve algo de curioso,  que só depois é que percebi. Apareceram-me umas placas vermelhas no canto da boca, como se estivesse muito seca. Lembro-me o meu marido olhar para mim, com olhar de espanto e dizer "Idaaaaaaa, o que é que tens aquii??" (risos).  E eu "estou com cieiro" (ahahah). Afinal, era da gravidez, pois voltou a acontecer-me mais tarde e questionei sobre isso, na maternidade. 


Bem voltando ao momento...

Fui teimosa a fazer o teste, é que no meio disso fiquei adoentada, com herpes e completamente KO. Mas como eu já estava a prever o caso, não quis tomar nada, apenas 2 ben-u-rons, porque fiquei muito aflita. Por isso, quis esperar que estivesse mais ou menos em condições para fazer o teste, não o queria fazer no meio da ranhoca e da febre. 

Lá esperei e quando me senti melhor, fui buscar um copo de plástico, onde coloquei um pouco de urina para fazer o teste. Fui ter com o meu marido, sentamo-nos no chão e lá esperámos uns longos, loooongos segundos... O tempo nesse momento parece mesmo longo. É a ansiedade e a vontade por saber.

Ok, já está!! Umas letras, uma palavra, deixa ver de perto... Meu Deus é mesmo: "PREGNANT"... depois "2/3 weeks". Estou GRÁAAAVIDA!! Vamos ser PAIS!! Foi sem dúvida uma mistura de sentimentos, por mais que possamos estar à espera, é sempre estranho ver o resultado num teste. E pensar que desta vez é mesmo connosco. Mas este bebé é muito desejado, planeado e já amado (quanto ao amor é um processo que cresce ao longo da gravidez, acho que não é uma coisa instantânea, embora seja fruto do amor...).

A partir desse momento, TUDO mudou... a começar pela nossa mente. Neste momento, já não me consigo imaginar sem ele, quando sonho comigo vejo-me grávida. Faz parte de mim, da nossa vida. Apesar de não o sentir muito, só umas cócegas, que me deixam suspeita. 

Em breve, conto-vos como foi lidar com a maternidade aqui no Reino Unido, uma experiência interessante que acho por bem partilhar. E também conto-vos sobre a decisão de ter um filho. 


Hoje, dia de São Valentim, o dia dos namorados... Dia de trocar presentes com a sua cara metade. É o meu marido, mas será para sempre o meu eterno namorado <3 p="">

O melhor presente que posso dar ao meu marido é carregar este bebé... Há 18 semanas. Sim, é um presente. É a minha forma de lhe mostrar o meu amor, que se intensifica e prolonga neste ser que cresce a cada dia dentro de mim. Afinal, estar grávida não é só coisa boa... também traz as suas dores e transformações. 

Mas vá, hoje temos um jantar bem especial, que para o próximo ano, a história é outra ;) entre mama e choro!! 


Estou a ficar balofa, mas acreditem que só quando vejo as fotografias é que tenho noção. Está bem grande e ao fim do dia, como foi tirada esta foto, mais ainda. 
Em breve partilho convosco os meus cuidados com a pele, para esta fase da minha vida. 


Valentim... Tenho em mim, o melhor presente de sempre!

February 14, 2017



Hoje, dia de São Valentim, o dia dos namorados... Dia de trocar presentes com a sua cara metade. É o meu marido, mas será para sempre o meu eterno namorado <3 p="">

O melhor presente que posso dar ao meu marido é carregar este bebé... Há 18 semanas. Sim, é um presente. É a minha forma de lhe mostrar o meu amor, que se intensifica e prolonga neste ser que cresce a cada dia dentro de mim. Afinal, estar grávida não é só coisa boa... também traz as suas dores e transformações. 

Mas vá, hoje temos um jantar bem especial, que para o próximo ano, a história é outra ;) entre mama e choro!! 


Estou a ficar balofa, mas acreditem que só quando vejo as fotografias é que tenho noção. Está bem grande e ao fim do dia, como foi tirada esta foto, mais ainda. 
Em breve partilho convosco os meus cuidados com a pele, para esta fase da minha vida. 






(clique nas respetivas imagens, para mais informações)

Como sabem mudei de casa recentemente e ainda estamos num processo decorativo e de escolha de mobiliário. Ao já ter decorado a nossa casa na Alemanha e pela prática do meu trabalho, vou percebendo que o projeto decorativo não se faz da noite para o dia, demora o seu tempo. Não só por questões financeiras, mas também para percebermos o que funciona melhor e até para encontrarmos o móvel ou a peça ideal. Por exemplo, neste momento a nossa televisão está no chão porque não encontramos o tal móvel. Apesar de já ter uma ideia... mas demorou tempo. 

Mas faltam muitas coisas... Embora já temos o conforto principal, por exemplo tanto a cama, como o sofá já sabíamos como os queríamos. Quando tiver tudo mais composto partilho convosco. ;)

Por hoje, ficam umas inspirações e umas peças com as quais me identifico muito. Não há dúvidas que o conforto e a beleza da nossa casa ganha cada vez mais importância, pelo menos para mim. Esta tem de ser a nossa/minha cara. 


Ideias para a minha casita #1

February 9, 2017





(clique nas respetivas imagens, para mais informações)

Como sabem mudei de casa recentemente e ainda estamos num processo decorativo e de escolha de mobiliário. Ao já ter decorado a nossa casa na Alemanha e pela prática do meu trabalho, vou percebendo que o projeto decorativo não se faz da noite para o dia, demora o seu tempo. Não só por questões financeiras, mas também para percebermos o que funciona melhor e até para encontrarmos o móvel ou a peça ideal. Por exemplo, neste momento a nossa televisão está no chão porque não encontramos o tal móvel. Apesar de já ter uma ideia... mas demorou tempo. 

Mas faltam muitas coisas... Embora já temos o conforto principal, por exemplo tanto a cama, como o sofá já sabíamos como os queríamos. Quando tiver tudo mais composto partilho convosco. ;)

Por hoje, ficam umas inspirações e umas peças com as quais me identifico muito. Não há dúvidas que o conforto e a beleza da nossa casa ganha cada vez mais importância, pelo menos para mim. Esta tem de ser a nossa/minha cara. 



O primeiro look desta nova categoria do blog "Mommy look" é de uma data especial... o look do meu aniversário. 

Quero partilhar convosco alguns looks que uso com a minha barriga... Até ao momento,  com 17 semanas de gestação (mais ou menos 4 meses), não comprei roupas especiais. Tenho usado as que tinha, como este macacão que comprei na Zara, na passada coleção. É tamanho S, mas é bem larguinho e está perfeito. Os casacos é que estão a ficar um caso sério, não os consigo fechar. Tenho que optar pelos casacos que tenho com fita. Mas não vou comprar nenhum de propósito, nem pensar, daqui a nada é primavera. 

Quero apostar em roupas que vou voltar a usar, mesmo que sejam um número acima. Servirão, perfeitamente, depois. Tal como, os dois vestidos que comprei nos saldos da Zara, onde optei pelo tamanho M. A ideia é de procurar tecidos leves, largos e elásticos, são mais fáceis de adaptar. 

Estou a pensar em investir num par de calças de ganga para mamã, que vi baratas na Mango, na H&M ou na Asos. Ainda estou a pensar no caso. 

sigam-me via instagram : @gasparida



Mommy look #1

February 8, 2017


O primeiro look desta nova categoria do blog "Mommy look" é de uma data especial... o look do meu aniversário. 

Quero partilhar convosco alguns looks que uso com a minha barriga... Até ao momento,  com 17 semanas de gestação (mais ou menos 4 meses), não comprei roupas especiais. Tenho usado as que tinha, como este macacão que comprei na Zara, na passada coleção. É tamanho S, mas é bem larguinho e está perfeito. Os casacos é que estão a ficar um caso sério, não os consigo fechar. Tenho que optar pelos casacos que tenho com fita. Mas não vou comprar nenhum de propósito, nem pensar, daqui a nada é primavera. 

Quero apostar em roupas que vou voltar a usar, mesmo que sejam um número acima. Servirão, perfeitamente, depois. Tal como, os dois vestidos que comprei nos saldos da Zara, onde optei pelo tamanho M. A ideia é de procurar tecidos leves, largos e elásticos, são mais fáceis de adaptar. 

Estou a pensar em investir num par de calças de ganga para mamã, que vi baratas na Mango, na H&M ou na Asos. Ainda estou a pensar no caso. 

sigam-me via instagram : @gasparida



Latest Instagrams

© Cosmopolit Girl. Design by Fearne.