Como organizar o meu roupeiro para a nova estação?

April 11, 2016


Esta organização do roupeiro surge numa fase em que estamos lançadas a limpar tudo ao mais ínfimo detalhe em casa, nomeadamente nesta fase da primavera, em que o bom tempo e os dias mais longos e solarengos, não trazem uma energia maior, para refrescar tudo um pouco em casa, depois de longos meses de inverno. São as tais limpezas de primavera!

Andamos fartas das malhas, dos collants, dos casacos, dos cachecóis e das cores mais escuras. Queremos cor e roupas leves. E agora que o tempo vai começando a aquecer e o sol ainda que tímido faz umas quantas aparições, precisamos de (re)organizar o nosso roupeiro. Entre um retirar e voltar a pôr tudo no devido lugar. 

Eu sei parece um trabalho titanesco, mas tem de ser feito, uma ou duas vezes por ano é suficiente. Bastam umas 2 horas para o assunto ficar arrumado e voltar a ter tudo no devido lugar. Vai ver que vai saber bem! 

E para vos ajudar neste organização trago-vos umas dicas, aquelas que uso para arrumar o meu roupeiro. Já agora vou aproveitar este post para me motivar e organizá-lo também!


Todas nós sonhamos com um closet, um grande e fantástico espaço para arrumar todas as nossas belas roupas, a coleção de sapatos e as estimadas malas... Um desejo que ambicionamos e acreditamos ter um dia destes... (a esperança é a última a morrer...). Mas até que o desejo ou o sonho passe a realidade, fazemos com aquilo que temos, mesmo com o nosso modesto armário, pelo menos o meu... que apesar de grande, tem de ser dividido com o marido (ou quase já que três quarto são meu, mas chiu!). 

Vamos aos passos:

1# Retirar TUDO
Vão pensar que estou louca, quando digo que devemos retirar tudo para fora, mas acreditem que será o mais fácil. Porquê? É que assim, podem estipular uma nova organização e ver o que estava lá no fundo e que já nem vos lembrava ou selecionar as peças a guardar. 
Ponham todo o monte em cima da cama, não de qualquer maneira, para não amarrotar as peças, é claro. 

2# Limpezas
Como qualquer superfície em casa, os móveis ou as prateleiras ganham pó e por isso é necessário limpá-las com os produtos próprios. Costumo usar o produto dos vidros, gosto do Ajax ou do Pronto com cheiro a Alfazema para encerrar, dependerá do material do vosso móvel. 

3# Ataque
Olhar para as roupas e chorar porque vem aí muito trabalho!! (estou a brincar...)
Agora vão inspecionar todas as peças e criar 3 montes:
  • o primeiro monte diz respeito às peças que quer guardar e manter. Porque lhe servem, porque lhe ficam bem, porque usa (pelo menos no último ano usou), porque gosta e porque não estão estragadas. Ponha de lado as peças boas que vai guardar mas que precisam de ser lavadas novamente, ora porque cheiram a mofo, têm pó ou bolor. As outras poderão começar a entrar no roupeiro, com jeitinho. 
  • Nada de guardar peças velhas, sim sim mesmo aquele fato de treino do fim-de-semana, mesmo em casa podemos estar confortável, mas em condições, nunca sabemos quem irá tocar à campainha. Por isso, roupas velhas, rotas, estragadas, descoloradas e com pingos de lixívia vão para o monte do lixo, porque o que não é bom para nós, também não o é para as outras pessoas. 
  • O terceiro monte serão as peças que já não lhe dizem nada, que encolheram na máquina (é mais pequeno mas pode servir a outra pessoa), que são largas, pequenas, apertadas, que comprou e nem sabe porquê, que não a favorecem ou que não ficam bem. Este monte será para doar a uma pessoa, a uma associação ou naqueles contentores de rua que vemos em todas as cidades. Eu até já faço diferente, ponho tudo direitinho num saco limpo, perto do caixote do lixo, numa zona desfavorecida e deixo lá, para alguém recuperar. É mais direto e em menos de nada desaparece o saco. Por isso, vejam se de facto as peças estão em mínimas condições para ser usadas para outras pessoas. E esqueça a ideia de guardar só porque sim, as peças de roupa não são museus, não adiante guardar roupas só porque sim, além de ocupar espaço, de certeza que não as voltará a usar. É claro que a moda é cíclica, mas geralmente vem sempre mais bonita e aquela peça de há 20 ou 10 anos atrás já está out!



Dica 1 - Agora organizo as minhas roupas por cor e gosto muito mais, além de ser mais apelativo e bonito no roupeiro, facilita quando procuramos as peças.

Dica 2 - Se tive um roupeiro pequeno, terá de dividi-lo por grupo de estação (primavera/verão e outono/inverno), assim ocupara menos espaço.


Num roupeiro talvez seja mais difícil, mas se tiver um closet ou arrumações abertas, pode pensar em apetrechá-lo de detalhes decorativos, flores, revistas livros de moda, velas ou caixas de uma grande marca de moda. Traz aquele je ne sais quoi
Fica super giro e bem girly! 

Ah e não se esqueça, faça saquinhos de alfazema, e ponha muitos no vosso roupeiro (na primavera há tantas alfazemas por aí). São excelentes contra a traça e dão um cheirinho bom à roupa. E ponha fora aquelas bolas de naftalina, que são super desagradáveis e tóxicas.  

Agora meninas mãos à obra, sim?! 

Latest Instagrams

© Cosmopolit Girl. Design by Fearne.